quarta-feira, 14 de julho de 2010

As aventuras e desventuras de pais desencanados

Filho dá trabalho? sim, dá muito trabalho.... Pais sofrem com filhos? sim! pais sofrem.
Filhos sofrem com inexperiência dos pais? sofrem ooooo se sofrem... e pra quem esta de fora... as vezes chega a ser divertido.

Quando eu tinha meus filhos pequenos, virose era uma maldição, dava pra um, meia hora depois os 3 estavam no ponto!
O Kim, o mais velho, suas viroses eram mais ligada aos vómitos. Já o Yan, tadinho era o menino dor de barriga... por nada ja se dissolvia... a Winnie, a caçula, sempre foi o meio termo dos extremos dos irmãos.
Certa vez, baixou o fantasma virótico em casa, e la vai os pais super hiper preocupados levarem os filhos para o médico.
Medico viu, constatou o que era, deu o diagnóstico e mandou todos para casa.. casa? maaagina.. o Shopping era do lado... acha?
E la vai os Pais passearem com a prole debilitada no Shopping.. virose? já tinham ido ao médico. estavão praticamente 'curados'
Para ajudar com a prole virótico, sempre levavamos minha sobrinha Mariane, que teria na época uns 15 anos. ( a mesma sobrinha que fugiu comigo, na hora as gafes de minha mãe)
Entramos no shopping e fomos direto para a praça de alimentação... Pedidos comes e bebes e la estava uma família toda típica e feliz degustando sua comida...
Eis que de repente a Winnie começa a tossir, e pimba! vomita em cima da mesa... O Kim que era um mestre em ter nojo de vomito, acompanha a caçula e lava o chão do lado dele... no mesmo minuto o Yan começa aquele chorinho de que algo de errado esta acontecendo... olhei pra ele em pânico, conhecia bem esse choro e não deu outra, la estava o garoto vazando até pelas pernas, note que vazava muito e ja tinha uma poça do lado oposto da do Kim.
Bateu o pânico geral na gente.... a mãe e minha sobrinha pegaram os 3 e levaram correndo ao banheiro, eu fui tentar manter a normalidade da mesa peguei as bandejas das lanchonetes e fui levar no Obrigado ( o cesto de lixo dos shoppings, tem escrito na frente da portinha a palavra obrigado). Meu pânico era tanto que coloquei tudo de qualquer jeito em cima... e poft! caiu tudo no chão fazendo 'O' barulho e 'A' sujeira.
Voltei pra mesa, onde ja estavam 2 solícitas faxineira com rodos gigantes limpando o estrago, passei por elas para pegar as bolsas, e ao passar por cima do rodo da moça, o rodo prende entre minhas pernas, fazendo com que o rodo vire violentamente para o lado derrubando a pobre da moça. Ajudei-a a levantar-se e tentei fugir o mais de pressa possível da cena. (para quem assistiu, deve ter sido hilário...
Tinha a missão de comprar roupas para os 3, visto que todos tinham destruido o visual fofo da familia feliz!
Mas agora eu pergunto.. como 2 antas genitoras acham que podem passear com filhos viróticos no Shopping? Minha sobrinha? coitada, essa já passou poucas e boas com os primos caçulas!

Hoje estão todos grandes, e duvido que lembrem dessas coisas. Na foto, eles com a avó

5 comentários:

Déia disse...

David!! Consegui abrir o blog, finalmente!

Meu!! que história mais absurda é essa???? Juro, não to acreditando, o queixo foi caindo a cada nova desgraça que acontecia! Na boa.. vc só pode ter inventado muitas partes! Bastava o primeiro vômito da winnie na mesa para ser absurdamente cômico!
Acho que vc tem que mandar essa história para algum quadro do Fantástico gravar! srrsrss

Depois vc me conta se é verdade mesmo!

Obrigada por me deixar completamente chocada que nem uma idiota pasma na frente do computador! rsrsrs Foi divertido!

Beijos!

david era uma vez... disse...

Déia, eu sempre disse que essa história era digna Retrato Falado da Denise Fraga no Fantástico.

A história é veridica... tem a Jane e a Mariane pra não desmentir me.
Venha sempre por aqui... foi tão espontanea sua aparição...hehehhe

Tati disse...

Ai adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.... morri de rir....nossa que situação, pelo amor!
Mas família tem cada historia né?

Marina disse...

Quase morri de tanto rir!!!!

david era uma vez... disse...

Pois é Marina, agora eu tambem acho graça, mas no dia eu me descabelei!