domingo, 7 de novembro de 2010

A quiche e o Enem

Hoje eu fui fazer o Enem, minha santa Genoveva! que coisa mais chata! Eu inventei de fazer Enem nessa altura do campeonato com 46 anos.
Cheguei no colégio onde fui designado, ou melhor resignado e me deparei com uma classe onde, até o coordenador tem idade para ser meu filho, mas até ai eu não ligo. Esperei pacientemente o inicio da prova e partida!!! começou a prova.
Gente que negocio é esse? as questões eram gigantes, os textos pareciam chicletes que você mastiga mastiga e não tem fim, chegou uma hora que eu pensei que iria dormir, até feijão tropeiro tinha na prova.
Não vou mentir que teve uma hora que eu tive uns rompantes de cochilo e comecei a misturar os textos de reforma agrária com o seriado True Bloody que eu havia assistido toda a 3ªtemporada na noite de ontem e comecei a ver nos textos alguns personagens, precisei parar e beber agua pra voltar com minha concentração.
Continuei bonitinho fazendo a prova só que dessa vez, depois de 3 horas olhando pra tanta letra junta, começou a me dar fome, comecei a visualizar o que eu poderia fazer de comida quando saísse daquela sala de tortura.
Comecei a pensar no que tinha na minha geladeira, claro que continuei fazendo a prova, só que me dava intervalos de lazer mental entre uma questão e outra ( digno de Aline Camargo e seus DDAs). Decidi fazer mini quiches de abobrinha paulista (que agora vai chamar de Quiche do Enem).
Terminei a primeira tortura, digo, prova e fui direto pra casa pra fazer minha receita mental. (geralmente crio tudo na cabeça e depois executo).

Quiche do Enem

Massa
2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de margarina (gorda, nada de light, pelamordedeus!)
2 ovos inteiros
sal

Como faz?

Amasse tudo até formar uma liga muito próximo a massa podre ( acho que isso é massa podre )
Colocar na geladeira

Recheio

50 gramas de Bacon magro
2 abobrinhas paulista ( parece abóbora de pescoço só que pequena)
1 cebola média picada grosseiramente
1 dente de alho bem picado
1/2 pimentão picado grosseiramente
salsa e cebolinha picadas
200 gramas de mussarela, metade picada e outra metade em fatias
1 lata de creme de leite
2 ovos
noz moscada (uma pequena raladinha)
sal a gosto

Como faz?

Refogar o bacon, adicionar a abobrinha e o alho, quando estiver macia, colocar a cebola e o pimentão e o sal. Esperar esfriar
Em uma vasilha misturar a lata de creme de leite, os 2 ovos, a mussarela picada, a noz moscada, a salsa, cebolinha e sal.

Vamos montar?

Em forminhas ( eu usei de empadinha porque eu não tenho a de quiche que é um pouquinho maior) esticar as massas com os dedos direto nelas e não precisa untar. Colocar pequenas porções da abobrinha completar com o creme e cobrir com uma fatia de mussarela, eu cortei a mussarela em fatias redondas usando a própria forminha.

Assar em forno médio por mais ou menos 25 minutos

Rendeu 20 quiches do tamanho de empadas ou 15 do tamanho de quiche (redundante isso)























Aqui em casa aprovaram!

18 comentários:

Ana Paula disse...

Hummmm.... A cara ficou boa! Vou tentar fazer, depois lhe conto!
Encarar ENEM aos 46 é muita coragem, hein?!?!?!
Abraços!

WINNIE disse...

pelo menos você chegou la né pai.
fui falar com a minha amiga que encontramos na rodoviária, o ônibus dela chegou la perto da escola que ia fazer 12:45, e ela não sabia onde era, e amigona dela deixou ela para trás e saiu correndo ( a amiga dela sabia onde era ). Ou seja, perdeu a prova.
EU FIZ A PROVA LINDAMENTE! Chegou no final dela, não queria mais pensar muito, começou a me dar nervoso. As coias de física, estavam e enjuriando já. Mas fiz tudo, saí da sala vinte minutos antes e terminar a prova.

David ®... disse...

sogrão, boa sorte na prova.

pergunta: meu marido herdou seus dotes culinários? espero que sim :)

bjao

genro bonobo

calma que estou com pressa disse...

oi amigo corajoso! tem mais e que ficar orgulhoso de ter feito - independente da idade-
meu filho fez e chegou com aquela cara de onde oncotÔ, ele falou que parecia uma salada de frutas - oh a gente podia tudo jantar juntos - ia ter teu quiche maravihoso e a salada de frutas do Michel e amanhã tem mais- o que será que vai sair da tua cabeça menino?
protesto---o enem é mais uma forma de ganhar dinheiro- paga-se para fazer o enem- o resultado sai na metade de janeiro , e já foi paga a inscrição para UFMG - espertos eles -
sou mais os teus quiches !
bj
lu

Heloisa Pinhatelli da Silva disse...

É incrível como é impossível se concentrar numa coisa, mas para outras nossa cabeça funciona que é uma beleza. Se eu tivesse bacon, abobrinha, formas de quiche ou empada, e disposição, ia correndo fazer, pois tenho certeza que sua receita do Enem ficou uma delícia! Também não me saio bem nessas provas, esses texto looooooongos, aquelas respostas que parece estão todas corretas ou todas erradas... Fueda viu.

Kelly disse...

Agora basta saber o resultado da prova, pois o da quiche já soubemos rsrs
bjs

Neli Rodrigues disse...

Nossa, seu enem foi suuuper produtivo, desse jeito vira chef de cozinha.
Adorei a receita.
Bjs♥

Edu disse...

Mas esse seu xará da xêpa é um assanhado, hein? No quiche for him!

A Rosana Hermann postou um video lendo a tal pergunta do feijão tropeiro. Gente... que embromation! Mas também comentou o tanto de gente aí... er... mais... menos... gente fora da faixa etária padrão fazendo a prova. Supimpa!

Cintia Branco disse...

David,

Adorei a receita parece ser prática e ficar deliciosa.
Realmente o ENEM é dureza, um momento de tortura. Sempre trabalho no ENEM, mas este ano não quis nem saber, uma vez fui ledora, é esse o termo mesmo, li toda a prova para um senhor de baixa visão, quase morri!!! Imagina ler aquelas questões, com toda a entonação, umas 4 vezes cada para no final o candidato dizer que não sabia, saí de lá acabada e com todo mundo tirando sarro de mim.
Quanto ao dedo do marido, acho que pode ser isso, mas apesar da dor ele se deu bem, estou dirigindo para cima e para baixo, servindos as refeições, cortando as carnes, dando banho, ele está realizado e eu dobrando a dose de remédio para aguentar o tranco, rs.
Beijos e boa semana

Aline Camargo disse...

Eitaaaaaaaaaaaaa!

Num consigo ficar sem vir aqui, bem que eu tento!

Óia que honra aparecer no seu post, vou imprimir essa página e colar no meu diário!!! :)

Peraí... o blog é meu diário... enfim, obrigada pela citação acadêmica no seu post, em termos de DDA e viagens maionesísticas eu já sou livre docente!!!

Minha mama prestou tb o bicho, quase teve uma síncope. É, foi-se o tempo em que a gente fazia ENEM dando risada da ridicularidade das perguntas...

Mas e aí, teve Mafalda, ou tiraram isso também?

Boa sorte com o resultado!

Ah, e que quiche dos deuses, adoro abobrinha. ´Vc tem uma veia gastronômica fooooooorte, hein!

Aaaah, e mais uma coisa: só prá fazer inveja com o povo aqui...

O DAVID É MEU PÁPIS VIRTUAL!!!!

Pronto, falei o que tava entalado...

BJÃÃÃÃÃO!!!

Tati disse...

Nossa eu sou exatamente assim David, se eu tinha q fazer prova, sempre começava a desviar o pensamento...e quando tem música na cabeça...ai pronto!!! hahahaha
Olha tá aí, outro prato para vc trazer para nos!!!
beijo beijo
saudadessss
Tati

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

46 anos??? vc brincou né? nem de longe vc tem isso!

eu li algumas perguntas. sabe, vc nem precisa comprar livro, leia apenas os enunciados que já vale por livros inteiros, tamanha a enrolação! um horror.
deve ter dado sono mesmo...

eu gostei da sua receita, vou copiar! mas com certeza esse é um enem que todo mundo gosta e quer fazer rs.

bom dia! e boa semana.

Filhão disse...

Nossa o Enem é a pior prova de todas, aquilo ali é prova de resistencia. Muita coragem você com 46 ir lá fazer essa prova. Eu que to com 19 não fui fazer! Hahaha
Espero que tenha se dado bem pelo menos!! Abraços e obrigado pela receita, ficou com um cara ótima!

Anônimo disse...

ah, ia me esquecendo:
@PampubliKonga

Palavras Vagabundas disse...

David,
cheguei aqui pelo blog Avenida Copacabana e por causa da Brigitte
Montfort. Adorei seu textos principalmente o acampamento.
Aí vejo algumas pessoas que já conheço a Cintia e o Alexandre... vou voltar ... enquanto isso...
tin-tin com Don Perignon 55, Jonny!
abs
Jussara
PS: Parabéns pelo ENEM, eu não tentaria... você sabe qual minha idade pelo que eu já li.

fabers disse...

oi!!
céus!! enfrentar enem precisa de coragem e determinação!
e que será que vai dar essa confusão toda que tá rolando?

parece facinho de fazer esse quiche!!

preciso te contar minhas aventuras na cozinha!

:)

volta logo

Bruno Dezinho disse...

Só você mesmo, pra pnsar em receitas na hora da prova, kkk. Mas esse Enem é uam furada. de fato, questões gigantes, cansativas... e essa rolo que sempre é. beijo, amigo.

Moro em um Kinder Ovo disse...

Sabe qual a vantagem de voltar a estudar "quando já passamos do ponto?" Não precisa estudar porque somos testemunhas da história...rsrsrs E damos de 10x0 na tchurma.