quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Puchero da Lurdona e a audição da Mercedoca

Minha mãe voltou no dia seguinte, (não ta sabendo do que eu to falando? leia o post anterior! ) eu contei  que fiz uma limpa na sua geladeira e ela fingiu que não havia nada na geladeira e que nada aconteceu.
Falei sobre minha ideia de documentar algumas de suas receitas e já fui avisando que teria que tirar fotos, ela já me olhou com aquela cara, tipo: vou ter que ficar toda arrumada pra cozinhar!
Minha tia Mercedes que adora uma purpurina já ficou toda toda.
Como eu já havia previsto, minha mãe falou que teríamos que ir à feira no dia seguinte para comprar os ingredientes, porque ela não tinha nada (ignoremos a geladeira abarrotada).
Acordamos cedo, porque a feira pode sair andando e acabar as coisa, sabe como que é, os feirantes não tem paciência e levam tudo embora antes de todo mundo acordar.
Mas devo concordar com minha mãe, afinal também teríamos que comprar os mariscos (almeijoas) para fazer o arroz com castañolas do dia seguinte. Ficar na minha mãe é a mesma coisa que confinamento de engorda para abate.
Minha mãe mora num ponto estratégico, tem 2 feiras próximas, a feira pequena da quarta feira e a grande feira, da rua Tuiuti no domingo. Tanto uma como a outra, ficam a um quarteirão da casa dela.
Minha mãe foi comprar os legumes e verduras que vão no puchero e de quebra, passamos no mercado da dona Violeta para comprar as carnes. Minha mãe nunca compra somente o que diz que vai comprar, tanto na feira como no mercado ou seja viemos carregados, ainda bem que estávamos em 6 braços!
As duas empolgadézimas coloram aventais pintados por elas (as duas vivem pintando tecidos nas horas vagas) e começaram a fazer o Puchero.  Minha tia Mercedes está com a audição que é uma beleza, então as duas ficam brigando e dando risada o tempo todo. Tipo:  -Lurdeee!! vai pôr Caldo de Legumes?   - Sim Mercede! está na minha mon!  -Lurde? caldo de camaron? e vai ficar bom?  -Noooon Mercede ta na minha MOON!!!  (minha mãe e minhas tias tem um problema danado com os sons nasalares então tudo é Pon, Non, Salson, liquidaçon e assim por diante) Percebi que minha mãe ficou muito prática, ela não pica mais cenoura nem vagem nem repolho ela vai na feira e compra tudo picado... 81 anos e esperta, ela diz que melhor que multiprocessador é feirante japonês! Estamos em 4, então 2 panelas de pressão pra cozinhar tudo! Quando eu digo que minha mãe é exagerada. As duas aprontaram tudo deixaram no fogo e me deram milhões de recomendações. Eu estranhei isso e perguntei o porquê. As duas já estavam se arrumando para sair para o encontro da 3ª idade e avisaram que iriam comer o puchero só quando voltassem. As véias são sassariqueiras!!




Bom vamos a Receita

Puchero da Dona Lourdes

1/2kg de grão de bico cru (deixar de molho  uma noite)
1 kg de carne bovina (usamos fraldinha)
700grs de carne suína (usamos pernil sem osso)
300grs de costela de porco defumada
300grs de linguiça calabresa
3 tomates bem maduros contado em quatro
1 cebola grande cortado em 4
1 repolho pequeno cortado fininho
3 cenouras cortadas em cubos
400grs de vagem cotadas em cubos
2 tabletes de caldo de legumes (non de camaron)
Açafran ou curcuma ou açafrão

Como Faz?

Cozinhar por 40 minutos o grão de bico, colocar todas as carnes e deixar cozinhar por mais 40 minutos.
Acrescentar todos os vegetais o açafran o tabletes de caldo e deixar por +ou- 1 hora até o caldo reduzir e os legumes ficarem beeeem macios e o repolho sumir. Acertar o sal. ( nota-se que não vai alho e nem pimentão, caso raro na culinária de minha mãe).

Nós fomos acostumados a comer o Puchero sozinho sem acompanhamentos. Mas acho que vai bem com um arroz branco. Mistura não creio que se faça tão necessário, afinal com tanta carne, já tem mistura!


Uma artista, sempre fingindo que não esperava a foto



Irritada porque eu resolvi tirar foto na feira
Os aventais das cozinheiras

O Puchero no Panelão depois de sair das 2 panelas de pressão...
aqui ficou pra apurar o caldo

O Yan com um pratinho


Eu com outro pratinho e o resto do panelão
esperando as sassariqueiras

15 comentários:

Ronda disse...

Olá David,
Peraí! Você está falando da rua Tuiti, no bairro do Tatuapé? Acho que não tem outra, né? O Tatuapé é ótimo, boas recordações... Eu nasci e fui criado no bairro vizinho: Vila Carrão.

Ah, duas panelas para quatro pessoas são suficientes. Talvez um pouco de exagero na logística, mas é garantia de que ninguém vai passar fome. heheh
Abraços!!

Edu disse...

Não sabia que Tatuapé era bairro de Indaiatuba! :-) Nomes de rua não são exclusivos, amigo Ronda.
===
Ah, meu deus... com essa comilança toda, e receitas, tenho certeza ABSOLUTA que seu blog virou uma grande homenagem... A MIM!! Obrigado, obrigado!! Quando posso ir na sua casa pegar meu marmitex?

Ronda disse...

Ué, mas rua Tuiuti com feira aos domingos e em São Paulo, que eu e o Google Maps saibamos só tem uma! rsrrs
Abraços!!

Heloisa Pinhatelli da Silva disse...

A carai, mais uma receita sua pra entrar na fila de espera!!!!

david era uma vez... disse...

SIM ESTOU NO TATUAPÉ!!! ALGUEM LEMBROU QUE ESTOU DE FÉRIAS?????
Sou paulistano morador de Indaiatuba.
Gosto de passar férias onde todo mundo fica trabalhando.
Esclarecido?

DO disse...

Rss,rindo dos comentarios,David. O povo deixa de passar uma dia aqui e já perde o fio da meada,rsss

Bom,eu acho que vc devia,pelo menos,ter repetido o prato. Comeu muito pouco pra tanto trabalho,rsss
Apesar de não gostar de grão de bico,devia mesmo estar uma delicia,com tanta carne saborosa,rss
Abração!

Palavras Vagabundas disse...

David, você faz meu dia mais alegre!
Adoro D. Lourdes, beijos prá ela.
abs
Jussara

Moro em um Kinder Ovo disse...

Vou mandar para você a fita métrica que o meu médico usa: até o limite do "aceitável" ela é verde. Depois ela é vermelha. E vamos fazer o teste da circunferência quando estas férias terminarem!!!

Tati disse...

Bom mais uma receita para colocar na lista das que vc NÃO vai fazer para nós néeeeeeeeeeeaaaaaam???


beijooooka amore
Tati

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

ADOREI PASSAR AQUI ADORO FAMÍLIA FELIZ!
O PUCHERO TÁ COM UMA CARA ÓTIMA!

Inaie disse...

rolei de dar risada com a Lurde e a Mercede...kkkkk

vou ficar por aqui

bjim

Gilson disse...

Caramba vim conhecer teu blog bem num dia com tanta coisa gostosa. Me deixou com fome.

Legal teu blog, estou te seguindo.

Boas férias.

Anônimo disse...

David....é o msm puchero da minha "Lurde"...já imaginou juntar as duas pra cozinharem juntas??Aff, ia ser uma comédia....Bjos amigo, vc faz falta!!!

Cá.

Aline Camargo disse...

Bom, já que vc tá em Sampa...

PORRRRRRRRRRRRRRRRA, MEEEEEEU!

Cara, orgasmos bloguístico-gastronômicos múltiplos!!!

MEU REINO POR UM PANELÃO DE PUCHEROOOOO!

O que a vó faz é com costelinha salgada, haja ferverção um dia antes!!!

DELIÇÃO!!!

Atreyu disse...

Quando aqui faz frio.. tipo só no final do ano mesmo... sopa é a melhor opção!! Adoro sopa, gosto da que camarão ou a de carne seca e feijão.. hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm