segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Arroz com Almeijoas ou Arroz de Castanholas da dona Lourdes

No dia que fomos na feira, minha mãe, minha tia e eu, nossa principal missão era comprar os marisquinhos frescos para fazer a comida que eu mais gosto da minha mãe, o Arroz com Almeijoas, esse prato me remete tão rápido a minha infância do que qualquer outra coisa. Não existe, música, não existe perfume ou qualquer outra lembrança que seja tão rápida na minha memória, quanto o Arroz com Almeijoas.
Um prato que tinha o dia certo de ser feito, era todas as quartas feiras, pois minha mãe sempre gostou de ter os tais mariscos muito frescos para fazer esse prato. Era dia de ir em mais uma feira, alias eu acho que eu tenho mania de super mercado e feiras por causa dessas coisas.
Toda quarta e domingo era como uma religião, irmos na feira. A feira de quarta feira, era onde eu comprava aqueles suquinhos que vinham naqueles plásticos com formatos variados, tipo de revólver, carro, cacho de uva e outras formas mais, as cores eram totalmente berrantes e o sabor algo semelhante a ácido clorídrico com açúcar, creio que servia até na digestão!
Chegávamos da feira, minha mãe com os mariscos e eu com um arsenal de suquinhos e doces estranhos. para levar na lancheira da escola.
Agora voltando lá em cima, onde eu estava falando que fomos comprar os mariscos, chegamos na barraca, claro que o japonês não era mais o mesmo, provavelmente é o filho ou o neto do antigo feirante, mas o moço fora simpático com as duas velhinhas. Minha tia Mercedes ainda perguntou como se falava "marisco" em japonês, o moço rapidamente lhe respondeu. Eu olhei pra cara da minha tia e percebi que fora uma informação jogada ao mar, ela não entendeu e se entendera, não demoraria mais do que 2 segundos para esquecer. Sorriu pra ele e agradeceu pela preciosa informação.
Minha mãe, mais prática, já foi pechinchando a mercadoria e ainda com o troco, quis levar em camarão, divertido isso, pois as Almeijoas custam baratíssimo algo em torno de R$6,00/kg e minha mãe lhe entregou R$10,00, pediu pra que lhe desse o restante em camarão graúdo!
O feirante simpático, lhe entregou nem sei quanto de camarão, mas deu pra fazer uma entradinha básica com eles!
No dia da feira, fizemos o Puchero do outro Post. e deixamos o arroz para o dia seguinte.

Vamos a receita?

Arroz com Almeijoas ou Arroz de Castanholas

1kg de almeijoas com cascas
1 pimentão vermelho grande
1 pimentão verde
4 tomates maduros
2 cebolas
6 dentes de alho
pimenta do reino ou pimenta calabresa seca
450 gramas de arroz cru
aproximadamente 1,2 litros de agua (3 para 1)
açafrão espanhol ou açafrão da terra ou curcuma
azeite
sal

Como faz?

Refogue pimentões, cebolas, tomates e alho até ficarem macios, acrescentar a pimenta e o açafrão colocar os mariscos crus e bem lavados ( poderá, antes escalda los não mais que 2 minutos) refogue os até que as conchinhas comecem a abrir, vá acrescentando água bem aos poucos e vá deixando secar, ( note que essa agua não é contabilizada para o arroz) quando estiverem quase todas abertas, coloque o arroz e a agua e deixe cozinhar, acerte sal. O ideal não é deixar secar a agua, o arroz com um pouco de caldo fica melhor. O nosso arroz acabou secando toda agua por descuido MEU e irritação de dona Lourdes, que me disse que eu tinha que ter cuidado melhor em vez de ficar tirando foto!

Como eu disse lá em cima, pra mim é a comida que eu mais gosto da minha mãe o aroma e o sabor são inigualáveis!


Almeijoas que é igual a Ameijoas
 que é igual a Vôngole que é
 igual a Berbigão que é igual
 a marisco amarelinho e chega!!
 procura no Google!



Moço, como é  marisco em japonês?

Me manda o troco em camarão!

Refogando as Almeijoas

Ta bom! eu deixei secar toda a água mas ficou fantástico do mesmo jeito

Um prato que se come muito devagar por causa das casquinhas e por repetir
muitas vezes

















Bonus Track!
O troco de camarão da minha mãe rendeu o que? uma entradinha da hora!
Minha mãe limpou os camarões, salgou e colocou limão, pegou uns 6 dentes de alho e colocou no micro ondas por 20 segundos para ficarem macios e sair a casca facilmente (velha espeeerta).
Pegou uma frigideira colocou um tiquinho de azeite, colocou os camarões picou o alho  um pouquinho de colorau e deixou fritar bem, quando estavam prontos ela jogou folhas de manjericão e deixou abafar!
Ficaram supimpa!!!

19 comentários:

Sandra =^.^= disse...

Aahh para c/ isso.
Tá querendo matar todo mundo aqui de vontade (falo por todos que visitam seu blog)?
Deve ter ficado um delícia e eu fiquei c/ vontade :(
Grande abraço, David.

wi disse...

estou com saudade de comer esse arroz ):

Anônimo disse...

Meu Deus, é a cara da minha mãe fazer esse tipo de pergunta que não leva a nada, o pior é que estou igualzinha( vivem me falando isso), Jesuis, como a gente fica parecida! Bom, qto ao prato, o legal é a forma lambuzenta que comemos, temos que chupar a conchinha, pegar no garfo de novo, lember os dedos e por aí vai....tb pra mim é uma comida da infância mas, mais marcante é a casuela, essa sim! que aliás , adoooorooo!

Tati disse...

David, pelo amor, que prato é esse??? quero comer agora!!!

p.s: vc vai voltar de ferias e eu vou tirar as minhas dia 22...não vamos nos ver, só quando eu voltaaaaar!!!!
ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

beijooo
Tati

Lola disse...

É quase uma paella...tô errada? rs Amo esse tipo de prato, pois me lembra minhas origens, pelo menos uma parte dela! Estou até pensando em adquirir uma panela dessas tipo wok ou uma paelleira mesmo. Quem sabe concorrerei com D. Lourdes? hehehe

Bjs

Zú Leide disse...

David não sabia que marisco tinha este nome estranho? Almeijoas hahaha..

Na minha terra Sta CAtarina, a gente come muito marisco,lá a gente cata facinho beira-mar..adoro!!

E também não tinha visto cozinhar assim com casca, deve ficar exotico não?
mas p/ preguiçoso e guloso é melhor sem casca..já imaginei meu irmão caçula guloso vc apresentar um prato deste com as cascas..é capaz de comer até as cascas!


me deu agua na boca!!

Bj bom feriado!

Edu disse...

Mas só fala de comida?? EU CASO!

Neli Rodrigues disse...

Adoro frutos do mar...e receitinha da mamãe é tudo de bom.
Bjs♥

Palavras Vagabundas disse...

Senti o cheiro daqui... não faz isso com a gente não, David!
abs
Jussara

DO disse...

Meu DEUS do céu,DAVID,eu engordo só de ler estes seus posts,rsss
E sua mãe está mais que certa em pedir o troco em camarões,rsss. Quem não chora,não mama,rss
Abração!

Heloisa Pinhatelli da Silva disse...

Explica melhor esse lance do alho. Põe no microondas os dentinhos assim, soltinhos, como vieram ao mundo, ou xuxados na água? Adorei, pois odeioooooo tirar casca de alho. Adore a receita toda, mas claro que não vou fazer, pois acho que nem na feira daqui a gente acha mariscos....

Filhão disse...

Nossa eu to babando aqui com essa comida toda! Também quero! Vou pedir pra minha mãe também. Hahaha
Ah sim eu estava vendo uns post seus e com todo respeito, sua filha é muito bonita! Hahaha

Kelly disse...

A foto deu água na boca, deve ter ficado delicioso, hummm, beijos

calma que estou com pressa disse...

Daviddd - onde fica esta cidade- eu adoro pratos com frutos do mar- e este prato - e aqueles camarões - chegou a viajr para praia -e cheguei a sentir o sabor-
nossa mas sair com tua mãe é uma lição de economia- ela deve ser um barato=
bj
lu

Aline Camargo disse...

Hmmmm!!!!!

Marisco ou maçunim, como diz minha avó de Maceió, rsrsrs.

Adoooooooooro! E esse truque da Dona Lurdes, hein... Vou fazer, sem dúvidas!!! Nunca mais me mato descancando esses troços.

David ®... disse...

não curto esse tipo de comiga, mas aceitarei degusta-lo no nosso jantar de reconciliação, sogrão !!!...rs


bjos do eterno genro Bonobo


PS: arranjou outro genro com o Filhão né?...rs

Anônimo disse...

Merry Christmas and Happy New Year, may all your wishes come true!

Anônimo disse...

Interesting for)) ff

Anônimo disse...

Beautiful post, great ))