segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Exagerando no presente de grego

Teve um ano que no dia das crianças me empenhei em comprar para os meninos um trenzinho elétrico.
Claro que não comprei um simplezinho... afinal a vida inteira eu queria um trenzinho todo cheio de balacobaco, eu disse, eu? pois é, esqueci.... era para as crianças.
Fui em uma loja especializada e comprei uma pista gigante com locomotiva e nem sei quantos vagões, lindo a coisa mais linda dos sonhos de uma criança. Empolgado do jeito que eu estava, ainda comprei uma pista sobressalente, -David, você é fantástico! pensava eu.
Cheguei em casa com as caixas todo eufórico louco para chegar o dia das crianças.
Nem logo amanheceu o dia 12,chamei os meninos, na época o Kim e o Yan tinhas 6 e 4 anos respectivamente, e eles foram abrir o presente, claro que a caixa era empolgante, e logo queriam brincar. Mas o pai aqui, quis cuidar da coisa e pegou o manual e foi montar o aparato todo.
Aproveitamos que a sala estava vazia pois os sofás estavam no tapeceiro e fui montar o trem passamos a manhã toda montando. Meu Deus como era gigante, por que raios eu tinha que ter comprado ainda uma pista sobressalente? Nossa sala era em L e foi utilizada inteira! A mãe só olhou umas duas vezes, nem quis comentar nada, foi pro quarto, pois também estava empolgada com o brinquedo da Winnie... esses pais que gostam de brincar, vou te contar!!!
Depois de umas 4 horas a grande obra de engenharia estava pronta, linda, toda nivelada e perfeita. Os meninos já não se aguentavam mais de ansiedade e não viam a hora para brincar com o trem.
Pois bem! coloquei o trem e todos os seus vagões nos trilhos e liguei. O bichinho foi deu uma volta, deu duas voltas, deu três voltas, nisso o Kim pergunta: Pai o que ele faz mais? eu olhei para ele e disse: Ah! ele da ré! e mostrei. - Só isso? eles disseram.  Não soube o que responder.
Eles saíram para brincar com o Vídeo Game.
Resumo da ópera:
Foi a única vez que montei essa geringonça gigante, os meninos nunca mais quiseram saber daquele 'TREM'.

11 comentários:

lahti shirley disse...

hahahahhhahahah sei bem como é essa coisa!!
agora recentimente compreo um tal de wii (especie de video game ) e o bicho vinha com um tanto enorme de jogos. me parece que por um bom tempo ninguém vai me pedir nada! assim espero.

beijos

Sandra disse...

kkkkkkkkkk que hilário David!!
E esse elefante branco, quero dizer, trenzinho, vc ainda tem? Tá a venda no Mercado Livre??

Bruno Dezinho disse...

Ah, eu achei que valeu a intenção. Foi lindo o que você fez!

léozinha disse...

Isso aconteceu aqui em casa quando meu filho tinha 1 aninho, o pai comprou um ferrorama, para ele mesmo brincar kkkkkkkkkk

calma que estou com pressa disse...

ai david só tu mesmo- as tuas histórias são sempr legais- ah mas vou te cofesar já comprei várias coisas que eu ficava mais feliz que eles rsrs - coisas que nunca tive na infância
bs

Heloisa Pinhatelli da Silva disse...

E ninguém nunca te disse que ferrorama e autorama são chatos? Tive um ferrorama também. O pior é que o trem nem força tinha para atropelar a Barbie! Mas ainda bem que você teve a oportunidade de matar essa lombriga de infância!

Tati disse...

hahahaahaha,
"pai o que ele faz mais?" hahaaha
Tadinho, essa foi demais.
Eu achava uma chatura tb!!!
A primeira volta era tudo legal, a segunda já estava enchendo o saco!
hahahahaha
beijoooooooo
Tati

Aline Camargo disse...

Hahaha! Que legal. Pelo menos vc realizou seu sonho... Culpa dos ianques, sempre instigando nossos desejos de consumo.

[stalinismo mode OFF]

...vdj... disse...

Tive 2 Ferroramas e brinquei até minha mãe dar para outra criança qdo cresci...
Era muito bom!

Lua Nova disse...

rsrsrrsrsr...só vc mesmo, David!'Pai,o que ele faz?' rsrsrrsrs... Pelo menos vc matou a vontade, né?
Beijokas.

Jôka P. disse...

Um abraço DAVID!
\☺/!