sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O Cristo Redentor e minha mãe


Estivemos, neste último dezembro, no Rio de Janeiro, visitando meu filho Kim e minha nora Lauranne, comigo foram minha mãe e minha tia Lúcia, a irmã caçula de minha mãe (isso não significa que ela seja uma menininha, ok?). Minha mãe fazia 32 anos que visitara o Rio e minha tia fazia 45 anos, ou seja, elas conheciam um outro Rio de Janeiro.
Todo o trânsito da cidade não as assustou tanto, já que as moçoilas são moradoras de São Paulo, mas a mim,  irritou me os buzinadores, pois carioca, não sei por quê, tem um paixão frenética pela buzina.

Mas o Cristo Redentor algo estava estranho, segundo a visão de Dona Lourdes, ao visitarmos a Lagoa Rodrigo de Freitas, minha mãe olhou o morro do Corcovado e viu o Cristo e disse:
- Opa! esse não é o Cristo Redentor! Deve ser outro, acho que fizeram mais um, só que menor!
Não adiantou a gente rir e dizer que era o mesmo, pois ela encasquetou que esse Cristo estava pequeno.

Visitamos o Cristo Redentor depois de alguns dias, ai minha mãe teve a certeza que o Cristo encolheu. (confesso que também tive essa impressão).

Mas no Cristo a diversão continuou...
Uma imensidão de turistas do mundo todo e Dona Lourdes no meio de todos.
No mirante em frente ao Cristo tem uma escadaria e havia uma senhora com uma bengala subindo as escadas, Dona Lourdes que é uma moça de 83 anos resolveu ajuda-la.
Ao término da escadaria, a senhorinha disse: -Thank you! 
Minha mãe dominadora do idioma respondeu: -hehehehe uma velha ajudando a outra, é engraçado mesmo!

Um casal de algum estado do Nordeste estava com seus filhos adolescentes tirando fotos, a filha tirava dos pais com o irmão e a mãe pedia pra que fosse rápida pois a bateria da câmera estava acabando.
Minha mãe observou tudo e virou pra mim e disse:
-Nossa eu entendi quase tudo o que eles falaram! Entendi que as pilhas da maquina fotográfica estão fracas!
Eu respondi:
Mãe! eles estão falando o nosso idioma, ainda bem que a senhora ainda entende o português!

Essa é a Dona Lourdes!
Acho que esse Não é o Cristo Redentor

Estou falando que ele é pequeno!

Os cincos aventurantes

As irmãs, e minha tia em um momento de Kátia cega


4 comentários:

Carla disse...

Oi David... Sempre me divirto muito com seus post, adoro, acho muito bem escrito e bem divertido. Te desejo um 2013 com muita saúde, paz e sabedoria. Que de luz seja feito seu caminho.
Abraço fraterno
Carla
http://jeitofelizdeser.blogspot.com.br/

Madi Muller disse...

ahahahaha,que ótimo,adorei a tua mãe,ela é demais!!!!Viajar com ela deve ser sempre divertido,espero ser uma mãe assim qdo( e se) eu chegar na idade dela...Bjs e feliz 2013,adoro teus posts!!!!

Neli Rodrigues disse...

Viajar com vc deve ser uma comédia.
Que bom que sua mãe ainda entende o português,rsrs.
Bjs

Inaie disse...

Eu A D O R O a sua mãe... Por que vc nao levou o pobre do Clark? Filho dos japoneses???