domingo, 17 de abril de 2011

Divisor de aguas, olha a ponte.

Quem acompanha meu blog, sabe bastante de mim, mas deve se perguntar: - Poxa mas o David, tem filhos, foi casado com uma Mulher, agora ela esta com o Clark, como, onde, quando, por que?
Muitas pessoas já me cobraram minha história recente, como tudo começou com o Clark, enfim, como as coisas viraram e se transformaram ou nunca se transformaram e sim se rearranjaram.

Vamos ao fatos: (muito do que estarei escrevendo, será novidade até para quem vive próximo e que infelizmente, por não ter me perguntado o que aconteceu, criou uma história nem um pouco legal para a realidade)

No ano de 2005, eu e a Jane resolvemos nos separar, por vários motivos, mas o principal seria a falta de amor e que se insistíssemos iríamos ser infelizes e acabaríamos inimigos. Resolvemos nos separar em comum acordo sem brigas nem dramas, claro, que impossível dizer sem choros, afinal já estávamos há 18 anos juntos, querendo ou não, tínhamos uma vida juntos. Resolvemos marcar uma data, esperar os finais das provas de vestibular do Kim, não queríamos atrapalhar o desempenho dele.
Foi feito exatamente isso, tudo conforme o combinado.
Sai de casa e fui dividir um apartamento com meu melhor amigo, um amigo que pra mim, era mais que um amigo, mais que um irmão, um cara que não teria problemas em conviver. Quem seria esse meu amigo? O Clark, claro!
Minha sexualidade, há muito tempo retraída, primeiro, porque quando me descobri gostando de homens, nos anos 70, era uma coisa difícil, era "feio" gostar de pessoas do mesmo sexo! Tive vários problemas na época, mas na minha cabeça, isso era uma fase, tudo passaria e carreguei isso comigo por muitos e muitos anos.
Voltando...
Resolvido todos os trâmites de mudança, estava bem comigo, mas o vazio havia crescido e eu sabia que tinha muito mais que isso acontecendo.
Alguns meses depois que me separei, aconteceu o fato que foi o divisor de águas de tudo.
Estávamos em casa era domingo e as crianças vieram almoçar, fui tomar banho, quando tive uma convulsão muito forte, gritei por socorro e todos arrombaram a porta do banheiro para me socorrer, O Clark me socorreu enquanto meus filhos ligavam para o resgate e procuravam ajuda externa.
Tive que ser reanimado, mas por ter ficado muito tempo sem respirar, fiquei acordado, mas como se não reconhecesse ninguém e não respondendo a estímulos visuais. Isso assustou a todos. Após um bom tempo, eu voltei e a ambulância me levou ao hospital onde eu fiquei internado por uma semana.
No caminho do hospital, o Clark foi comigo na ambulância, eu olhei para ele e comecei a chorar, pois eu pensei: - Poxa, o cara que eu amo esta do meu lado, eu to desperdiçando o meu tempo e agora eu posso morrer e perdi toda minha oportunidade de ser feliz, por uma merda de sociedade que nem me sustenta!
No hospital, todo mundo ficou comigo, mas o horário de visitas terminou e o Clark pediu pra enfermeira deixa-lo ficar mais um pouco, conversamos muito sobre isso. Ele também entrou em pânico em pensar que iria me perder e que estávamos sendo bobos por não deixar acontecer o que o resto das pessoas maldosas já comentavam sem razão. Acabamos nos beijando no meio de tanta lágrimas e ficamos juntos.
Estamos ai até hoje, todos ficaram sabendo aos poucos e como deveria saber, para que não pensassem que tudo fora de caso pensado.
Minhas convulsões? não tive mais, pois desde então tomo aqueles malditos remédios ( primeiro Gardenal, agora Topiramato)
Opá! vai achar que isso sempre foi lindo assim.... a gente já brigou bastante tá? o mundo cor de rosa não existe!!!

33 comentários:

Fernanda Iasi disse...

Meu irmão lindooo!!! Que saudade! Estoria mais bonita essa. Tenho um orgulho imenso de morar no teu coração (a modesta..kkkk..)! Bjo

Edu disse...

História linda!!! E que bom que o mundo nem sempre é cor-de-rosa, coisa mais chata seria! O importante é que as brigas eventuais se resolvam com muito amor né? Beijão pros dois!!

Palavras Vagabundas disse...

David, a vida dá voltas e mais voltas, a cada uma acrescentamos alguma coisa. Você e o Clark me parecem um casal bem resolvido (brigar é inerente a um casal)acho muito bacana sua posição frente a vida e te admiro por isso.
bjs
Jussara

Pandora disse...

Pocha, eu adoro histórias de amor com finais felizes... Se eu pudesse, se meu dinheiro desse fazia com que todas as histórias de amor terminassem assim, bem \o/

Candy disse...

Essa história daria um bom livro. E eu compraria. XD
Felicidades para vocês dois. Venho sempre aqui, mas comento pouco. Gostei de saber um pouco mais sobre a história de vocês.

Bjão!!

Inaie disse...

acho que o mundo cor de rosa existe sim...e voces vivem em um! Quem disse que nao tem quebra pau em mundo cor de rosa? Ah se tem...

E a jane? Ficou numa boa? Nao ficou surtada achando que os anos de melhores amigos eram na verdade conto da carocinha? Eu, teria surtado.

♥ κєκєl ♥ disse...

"...por uma merda de sociedade que nem me sustenta!"...eu sinceramente ando no SE FODA O MUNDO, eu quero mais é ser feliz. Faço o que o coração mata e ponto final.

Linda história de amor. Me dá um orgulho te conhecer, mesmo que virtual.

Beijão aos dois.

Cintia Branco disse...

DAvid,

Muito legal saber a história de vocês. Essas reviravoltas que acontecem na vida servem para nos mostrar o foco, saber o que realmente queremos e arriscar ser feliz. Quanto as brigas, fala sério, é ótimo uma briga, ou pelo menos o que vem depois delas, a reconciliação, rs.
Beijos

Clark disse...

Esse Clark deve ser muito sortudo de ter uma pessoa tão maravilhosa como vc ao lado dele!!!kkkkk

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

PARABÉNS CLARC E DAVID ADOREI ESSA BOA HISTÓRIA DE AMOR!
LINDÃO OS DOIS!
BEIJO

Cores da Crise de meia idade! disse...

A história é linda...a vida pode ser, sim, cor-de-rosa pra quem sabe perceber a fragilidade da vida.Nem antes, nem depois....as coisas acontecem na hora em que se está preparado, simples assim! Desejo muitos anos de companheirismo, de amizade, de amor! abração

Dino Costa disse...

Adorei a história. Ainda bem que todo mundo não precisa ter convulsão para tomar uma atitude nesse sentido, não é? Já pensou?? rsrsrs

abração

Moro em um Kinder Ovo disse...

Criança, estava preocupado com você achando que a temporada de provas tinha fritado o "Tico e Teco". Que bom que voltou e confirmando a imagem que tenho de você: estou de bem com a vida, sou feliz à beça.

Wans disse...

Amei sua história! E relamente só acham que a vida é cor de rosa quem numca esteve num relcaionemnto sério. E é bacana ser tb preto e branco. Brigas são bem-vindas, mas fazer as pazes é melhor ainda.

bj

Cristina Welle disse...

essa convulsão foi seu anjo da guarda dando um chocalhão pra te dize...acorda rapaz...vai ser feliz!!!que linda história de amor!!!

Neli Rodrigues disse...

Vc sempre abrindo o seu coração, mto corajoso da sua parte. Legal conhecer um pouco mais sobre vc.
Já tava com saudades das suas postagens.
O seu blog é com certeza um dos melhores.
Bjs♥

Paulo Braccini disse...

Fantástica a sua história de vida ... Parabéns pela sua coragem e luta ... felicidades aos dois ...

Edlena Franklin disse...

Saudades de vc, David! Na vida perde-se muito tempo precioso pensando na opinião alheia, é um atraso, um desperdício... Tive dois grandes amigos na adolescência que tinham toda a pinta e nunca se assumiram, creio que não acharam ser o tempo certo. Eu na época poderia não ter a melhor cabeça para conviver em meio a um relacionamento gay, mas sentia a solidão, o desconforto de se submeter à pressão da sociedade. Como os admirava demais como seres inteligentes que eram, certamente me adaptaria e passaria a encarar tudo na normalidade. Infelizmente nos afastamos e não tive a chance de acompanhar esse processo, e até hoje sinto esse vazio da presença deles! Fico feliz com tua felicidade, com tua segunda chance de ser feliz, sem barreiras, sendo inteiro e amado por todos aqueles que importam...
Beijão

Lola disse...

Ai mano gêmulo!!! Que história de amor linda!! Fiquei aqui...toda emocionada!! Não é sempre que a gente encontra um príncipe literalmente encantado que nos salva a vida né? Parabéns por isso, por ter encontrado o Clark e por ter deixado essa história acontecer! Feliz por ambos!

Bjs

PS: faz tempo que não apareço por aqui e vc tmb não aparece lá "em casa". Estamos quites??? hahahahaha

Bjs

sol disse...

David
\mesmo conhecendo a sua historia,não deixei de me emocionar!!!
Pena vc não ter confidenciado seus conflitos quando eramos pequenos,vc acha que eu não te ajudaria???
Ainda mais vc,que sempre me ajudou.Estaria sempre do seu lado e estarei por toda a vida.As lagrimas caem dos meus olhos por saber quanto tempo vc pode ter achado que o que vc sentia era errado!!!
TE AMO

david era uma vez... disse...

Sô! acho que as coisas acontecem quando tem que acontecer, não acho que tudo que vivi foi em vão! basta ver tudo que veio na minha bagagem! Acho que aconteceu certo do jeito mais estranho, mas aconteceu! O que importa é que estou feliz e de bem com a vida!
Tenho as coisas que mais quero e com o apoio das pessoas que amo! E vc é uma delas!
E só o fato de vc dizer que tem lágrimas... eu ja estou chorando... o saco!!! por que a gente é manteiga derretida?

Beijos meu Sol

Leila da Silveira disse...

Oi David!
Que bom que vc voltou, gosto muito das coisas que vc escreve, do modo que coloca tuas idéias, teu jeito de ser!
Gostei de saber mais um pouco da sua vida, és sincero, autentico e isso hoje em dia é raro!!!
Bjs e boa semana!
Leila

o Humberto disse...

É, meu amigo, o mais bacana em você (além da inteligência, do bom humor, do coraçãozão) é que vc tem é história pra contar, hein.

Eu te admiro muito e admiro esse amor que vcs dois têm um pelo outro.

E nem me fale em convulsões.

Abraço meu amigo!

Anônimo disse...

Adoraria ser o teu Clark!!!!!!!!!!!!!
Te visito todos os dias.
Tua cara é o retrato da felicidade. Abração!!!!!!!!!!!!!
Espero um dia achar o meu
David!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Alê Crol disse...

Olá, que história bacana, tipo assim It's my life...!
A vida é muito curta e as feridas são profundas demais!
Seja feliz, sempre!
Adorei seu blog e estarei por aki!
Bjs!

DaniMoreno disse...

que história linda, David!!!

É isso mesmo... a vida e curta... muito curta e a gente tem obrigação de ser feliz e buscar essa felicidade.

Fiquei muito orgulhosa de vc!!

beijinho

DaniMoreno disse...

Ah!!!e o mundo cor-de-rosa não existe pra ninguém!!!!!

Lobo disse...

Uns fofos vocês dois!

A vida pode até não ser cor-de-rosa o tempo todo, mas tinta colorida é o que não falta por ai para jogar nas paredes XD.

Um beijo David!

Tati disse...

Que lindo david!! adoreeei!!!!
Tudo que acontece na vida tem um porque, isso é fato!

beijos mil
Tati

Diogo Didier disse...

Poxa! linda história amigo! tô precisando de uma dessas na minha vida afetiva que anda um pouco solitária rsrsrsrsrrs...

Parabéns pela sua MARAVILHOSA vida!

bjoxxxxxxxxxxxxxxxxxxx no coração!

Inaie disse...

Eu ja conhecia a historia. Eu ja tinha perguntado...la la la la la!!!

Agora vc tem que fazer o post contando como a jane encarou a novidade.

:-)

David Ramos disse...

Inaie! Eu já estava separado, por que iria dar satisfação pra ex mulher?
Só conversamos sobre isso anos depois.
O que ela imaginou, o que pensou, ou criou na mente, ela deve ter falado para as amigas só dela.
O tempo é um lenitivo para alma.

Inaie disse...

Está certissimo David. mas eu sou mulher - e não sou nada evoluída. voc6e nem imagina as cobras e lagartos que passam pela minha cabeça...
acho que a jane é um ser mais sofisticado. :-)